Natação: entenda mais sobre a prática e seus benefícios

Estima-se que a natação tenha surgido por volta dos anos 2500 a.c, na Grécia e na Roma antiga. Nessa época, essa atividade estava incluída na educação egípcia, sendo parte de treinamentos militares. Além disso, saber nadar era uma fonte de status social. Atualmente, continua sendo uma atividade importante e popular e o melhor: hoje em

Estima-se que a natação tenha surgido por volta dos anos 2500 a.c, na Grécia e na Roma antiga. Nessa época, essa atividade estava incluída na educação egípcia, sendo parte de treinamentos militares. Além disso, saber nadar era uma fonte de status social. Atualmente, continua sendo uma atividade importante e popular e o melhor: hoje em dia está ainda mais acessível.

Além de ser totalmente útil para a sobrevivência humana – principalmente em casos de emergência – a natação é uma ótima opção para quem quer se exercitar e cuidar da saúde sem submeter-se a muitos riscos/impactos (nas articulações e músculos, por exemplo). Os benefícios da prática são muitos: vão desde a melhoria da postura até a redução dos riscos de doenças. Confira alguns deles:

1- Melhoria do sistema respiratório

Quem pratica a atividade desenvolve melhor controle sobre os movimentos de inspiração e expiração, já que é algo necessário para a execução dos movimentos. Além disso, o esporte fortalece os músculos torácicos e dilata os brônquios.

2- Fortalecimento dos músculos

Por incitar o movimento das pernas, braços e da região abdominal, o esporte estimula o desenvolvimento equilibrado dos músculos dessas regiões.

3- Fortalecimento das articulações

O aumento da massa muscular faz com que os tendões e articulações sejam melhor protegidos. Além disso, a água elimina o impacto sobre essas estruturas e ajuda a lubrificá-las.

4- Redução de peso

Segundo pesquisas, o gasto calórico do exercício pode chegar a 500 kcal por dia. Logo, se exercida com regularidade, a prática pode ajudar muito na perda de gordura localizada.

5- Melhoria na saúde do coração

Durante a prática, os movimentos desempenhados estimulam o trabalho respiratório e, consequentemente, a musculatura do coração.

6- Melhoria da postura

Isso acontece pois os exercícios aumentam a flexibilidade da coluna e, como mencionado, fortalecem as articulações.

7- Diminuição do stress

Para executar a atividade, é preciso focar na sincronia e ritmo dos movimentos, o que ocupa e distrai a mente. Além disso, as atividades físicas liberam endorfina, hormônio responsável pela sensação de bem estar.

8- Melhoria na circulação sanguínea

Sob a pressão da água, o movimento dos músculos torna-se mais fácil, favorecendo o transporte de oxigênio e nutrientes para o restante do organismo.

9- Redução dos riscos de contrair Diabetes tipo 2

Essa é uma doença crônica que afeta o metabolismo da glicose, substância que fornece energia para o corpo. O paciente pode então, desenvolver uma resistência aos efeitos da insulina – hormônio regulador da entrada de açúcar nas células – ou até mesmo não produzi-la. E é aí que entra a natação: os exercícios aeróbicos em geral estimulam o controle dos níveis de glicose no organismo humano.

10- Auxílio à recuperação de lesões

A resistência do meio aquático fazem com que os músculos a trabalharem sem sentir a mesmo tensão e impacto que a de outras superfícies concretas.

Vale lembrar que o esporte pode (e deve) ser praticado por todas as idades! É importante, porém, que os iniciantes procurem locais especializados na modalidade para que aprendam e sejam acompanhados por profissionais qualificados. Além disso, a intensidade dos exercícios deve ser aumentada aos poucos, conforme o desempenho individual.

Gostou de saber mais sobre os benefícios desse esporte? Continue acompanhando o Blog da Sciath.